Resultados da busca para o termo: label/Jaipur

O exótico hotel Marigold. Dica de filme para viagem sobre a Índia.

O exótico hotel Marigold é daquele tipo de filme: tem que ver!

Mas claro, em especial para quem está indo para a Índia ou sonha em ir para o país. Já dá para entrar muito no clima do país, ainda mais para quem vai visitar o Triângulo Dourado.

O exótico hotel Marigold conta a história de um jovem indiano que tem a ideia de receber, no hotel herdado do pai, idosos de todo o mundo.

o+exotico+hotel+marigold O exótico hotel Marigold. Dica de filme para viagem sobre a Índia.
A ideia é boa, mas sua capacidade para administrar é limitada. Mesmo assim, o jovem indiano consegue atrair sete idosos que  decidem encarar a vida em Jaipur na Índia. Bem do ladinho de Agra, onde fica o Taj Mahal. Mas isso não tem nada a ver com o filme, rs. É só mesmo uma informação a mais. O Taj Mahal nem aparece no filme.

O filme trata de várias aspectos da vida de quem já está numa fase mais madura. As frustrações, as mudanças na mente e no corpo, as decepções, separação e até o recomeço de quem achava que a vida já estava no fim. Todas os sentimentos e dilemas são emoldurados pelo cotidiano indiano.

Após assistir ao filme O exótico hotel Marigold, sua visão de mundo vai mudar. Com uma mistura na medida certa de lição de vida, humor e mensagens de estímulo. Uma pérola para viajar pela Índia e pela vida.

Então anota aí: O exótico hotel Marigold. Ah! E é com o ator de “Quem quer ser uma milionário.”

Veja o trailer:

Mulher viajar sozinha na Índia, dá certo?

Viajar sozinha já é um desafio para muitas mulheres, mas viajar sozinha pela Índia pode assustar ainda mais. Porém, eu iria sim. Achei tranquilo. Com alguns cuidados, é possível.

Bom, eu fui para a Índia com o meu namorado, mas como jornalista de viagem estou sempre tendo olhar para viajar sozinha, com amigas, casal, afinal, estou sempre viajando de todas essas maneiras!

DSC05814 Mulher viajar sozinha na Índia, dá certo?


Para casal
- Vale a pena, é tranquilo. Se você opta por ter um motorista particular (leia aqui) e aproveitar os bons preços do país para fazer uma viagem sem aperto no orçamento, o país – ao menos na parte do Triângulo Dourado (Delhi, Agra, Jaipur, Varanasi) – é ótimo para uma viagem romântica ou mesmo sozinha. Afinal, onde mais você pode se hospedar em um palácio por preços tão bacanas como esse ao lado?

Para viagem com amigas – recomendo e no mesmo esquema acima, como de casal.

Viagem com crianças – Não levaria meus filhos para a Índia se ainda não tivessem idade suficiente para entender. A partir de uns 12 eu levaria, antes acho que não vale a pena porque o país, ao menos no Triângulo Dourado, é um pouco confuso e você só vai mesmo aproveitar se estiver interessado no que há para ver.

A Índia é bem mais sentir do que ver. Além disso, as crianças podem não se adaptar bem aos sabores. Mas se for o sonho dos pais conhecer o país, com planejamento, dá sim!

Mulheres sozinhas – Bom, se você for uma novata no assunto Ásia e viagem sozinha eu não iria nem com motorista particular, eu iria em uma excursão ou coisa do tipo. Procurei bastante, mas as mulheres viajantes sozinhas não eram uma coisa fácil de encontrar. Diferente da Tailândia onde elas eram aos montes.

Assim, eu não diria para você não ir, eu daria a dica apenas de ir com um grupo de alguma empresa que leve várias pessoas ao mesmo tempo. A Índia, ao menos nessa parte, não é a coisa mais fácil de se locomover e por vezes é um pouco cansativa. Em Delhi é bem mais tranquilo. Então, minha dica seria:

- Faça o Triângulo Dourado com uma empresa de viagem;

- Delhi – dá para andar tranquilo, mas se os pontos turísticos de Delhi já estiverem no pacote melhor;

Quem quiser mais dicas sobre viajar sozinha pela Índia manda e-mail pelo botão CONTATO que respondo com mais informações.

Se quiser todas as dicas sobre a Índia clique aqui.

Índia – Que tal dormir como uma princesa?

Naila Bagh Palace foi um dos maiores achados nessa Viagem da Índia. Ele realmente fez a diferença na passagem por Jaipur. É um palácio que pertencia ao ex- primeiro ministro da Índia
Jaipur+Flavia+Mariano Índia   Que tal dormir como uma princesa?


O caminho até o hotel não é muito amigável, você começa a se afastar da cidade, dos estrangeiros, dos hotéis de rede mundial, aí começa a pensar: que furada me meti! E quando chega ao número do Naila Bagh

você pensa: é aqui?


Mas é só o motorista passar o portão e você fica admirada com tamanha beleza. Encantador! Você sai da bagunça de Jaipur e entra em um outro mundo.  Cheio de encanto. E mais encantador é o preço dessa mordomia. Pagamos R$ 150,00 pelo casal, por uma noite em um quarto ótimo, com banheiro, enorme e delicioso. 

Jaipur Índia   Que tal dormir como uma princesa?
Banheiro do quarto

As fotos falam por mim e tudo fica ainda mais encantador se você for no verão e puder aproveitar a linda piscina que eles tem por lá.


DSC06030 Índia   Que tal dormir como uma princesa?
Piscina do hotel











Uma ótima experiência que recomendo fortemente para quem for passar por Jaipur. Ah! E jante no hotel, ao menos uma noite, nada de comer na rua, a experiência fica completa assim.  Nós acabamos comendo em um restaurante da rua e até hoje estamos arrependidos. Eu e Jorge recomendamos fortemente para casais em uma viagem romântica pela Índia.


Site do Hotel: http://www.nailabaghpalace.com/index.html
Para conhecer a história clique aqui
Veja todos os post da Índia aqui no Viagem para Mulheres: Índia

Jaipur+Palacio Índia   Que tal dormir como uma princesa?
Entrada

Triângulo Dourado Índia, como se locomover

Triângulo Dourado talvez seja o tour mais vendido na Índia. O percurso: Delhi - Agra – Jaipur é procurado principalmente porque nele faz-se a visita ao monumento mais famoso da Índia: O Taj Mahal.

Depois de ler muitos e muitos relatos sobre viagens pela Índia, fui mais do preparada para dar de cara com um país voraz. Mas encontrei um local como qualquer outro país pobre, cheio de problemas, com pessoas boas e outras ruins.

Mas talvez isso tenha acontecido exatamente porque eu optei por ter um motorista particular. Como foi?

 

DSC06316 Triângulo Dourado Índia, como se locomover

Passei 6 dias na Índia e o roteiro com o motorista inclui:

- Pegar no aeroporto, tour por Deli , pegar a estrada para Agra, dirigir você lá para todos os monumentos, levar para comer, depois dirigir para Jaipur, passear por lá, voltar para Deli. Ou fazer o roteiro que você bem entender. Eu mesma fiz um roteiro diferente. Fiz:  Delhi- Jaipur - Agra – trem para Varanasi - avião de Varanasi para Delhi - novo tour em Deli - levar para aeroporto.

Contratamos o serviço já do Brasil. Fizemos pesquisas com várias empresas na Índia e com o Gulab,
motorista indicado pela Ellen e o Antônio do Blog Viagem Afora.

Diferenças:

Gulab - Hotel escolhido por nós, guia não incluído.

Agência na Índia  – Hotel já escolhido por eles, passeio de elefante e tudo mais incluído. Por fim seria como um motorista particular, mas já contratado pelo

Diferença no preço
Estava dando algo em torno de US$ 300,00 para duas pessoas. Ou 150 cada uma. Lembrando que os hotéis escolhido no pacote eram 4 ou 5 estrelas. Não pelo luxo, mas porque por aqui as estrelas contam muito no quesito: limpeza, rato

Por que optamos pelo motorista independente?
Porque a agência estava meio relutante em nos deixar escolher os hotéis por conta própria. Em Jaipur, por exemplo, a gente queria ficar em um palácio e isso não era permitido no pacote com a agência.

Recomendaria o Gulab ou um motorista particular? 
Sim, porque o tempo rende. Eles são discretos, pegam você a hora que você quiser no hotel, levam você apenas em lojas para comprar que você escolher. Claro que eles ganham lá a comissão deles, mas se você não quer ir, simplesmente não vai.

Para quem quiser informações sobre o Gulab: www.indiatravelgulab.blogspot.com

Agência na Índia: como não usei acho melhor não recomendar. Mas fiz orçamento com 3 e me pareceram sérias e não só respondiam por e-mail, mas também ligavam para falar sobre o orçamento.