Resultados da busca para o termo: label/Delhi

Mulher viajar sozinha na Índia, dá certo?

Viajar sozinha já é um desafio para muitas mulheres, mas viajar sozinha pela Índia pode assustar ainda mais. Porém, eu iria sim. Achei tranquilo. Com alguns cuidados, é possível.

Bom, eu fui para a Índia com o meu namorado, mas como jornalista de viagem estou sempre tendo olhar para viajar sozinha, com amigas, casal, afinal, estou sempre viajando de todas essas maneiras!

viajar-sozinha-india-flavia-mariano


Para casal
- Vale a pena, é tranquilo. Se você opta por ter um motorista particular (leia aqui) e aproveitar os bons preços do país para fazer uma viagem sem aperto no orçamento, o país – ao menos na parte do Triângulo Dourado (Delhi, Agra, Jaipur, Varanasi) – é ótimo para uma viagem romântica ou mesmo sozinha. Afinal, onde mais você pode se hospedar em um palácio por preços tão bacanas como esse ao lado?

Para viagem com amigas – recomendo e no mesmo esquema acima, como de casal.

Viagem com crianças – Não levaria meus filhos para a Índia se ainda não tivessem idade suficiente para entender. A partir de uns 12 eu levaria, antes acho que não vale a pena porque o país, ao menos no Triângulo Dourado, é um pouco confuso e você só vai mesmo aproveitar se estiver interessado no que há para ver.

A Índia é bem mais sentir do que ver. Além disso, as crianças podem não se adaptar bem aos sabores. Mas se for o sonho dos pais conhecer o país, com planejamento, dá sim!

Mulheres sozinhas – Bom, se você for uma novata no assunto Ásia e viagem sozinha eu não iria nem com motorista particular, eu iria em uma excursão ou coisa do tipo. Procurei bastante, mas as mulheres viajantes sozinhas não eram uma coisa fácil de encontrar. Diferente da Tailândia onde elas eram aos montes.

Assim, eu não diria para você não ir, eu daria a dica apenas de ir com um grupo de alguma empresa que leve várias pessoas ao mesmo tempo. A Índia, ao menos nessa parte, não é a coisa mais fácil de se locomover e por vezes é um pouco cansativa. Em Delhi é bem mais tranquilo. Então, minha dica seria:

- Faça o Triângulo Dourado com uma empresa de viagem;

- Delhi – dá para andar tranquilo, mas se os pontos turísticos de Delhi já estiverem no pacote melhor;

Quem quiser mais dicas sobre viajar sozinha pela Índia manda e-mail pelo botão CONTATO que respondo com mais informações.

Se quiser todas as dicas sobre a Índia clique aqui.

Metrô em Delhi – Índia

Vamos andar de metrô em Delhi? Em nosso última dia e último dia em Delhi decidimos que pegaríamos o metrô! Pedimos ao motorista que nos deixasse na Old Delhi  no fim do dia e depois de passeio pela região, veja aqui, fomos em busca do metrô. 

Depois de um passeio confuso por Old Delhi, onde não recomendo para hospedagem, resolvemos buscar a estação de metrô, que desafio! Por mais que estivéssemos preparados, aquilo não era mesmo uma entrada de metrô!



Mas não desista de pegar o metrô! nem todas as estações são assim, muitas entradas são bem modernas, e dentro da estação é tudo bom! Metrô como em São Paulo, Rio ou mesmo Londres.

Bom, já dentro da estação você vai para o guichê e compra sua entrada – essa moeda preta de plástico. Você apenas encosta na entrada da roleta  e lembre-se de guardar para depositar na saída!!! Ao fim da sua viagem. Você vai ver todo mundo fazendo o mesmo, é fácil. Para o trecho que fizemos pagamos 15 Rúpias.
E a estação de metrô por dentro muda de uma maneira impressionante. Você poderia pensar que está em São Paulo ou Rio. A diferença são as filas que são realmente indianas! Uma pessoa atrás da outra educadamente. 
Pegamos o metrô na hora do rush e mesmo  assim as filas super organizadas. Não pudemos tirar foto. Mas… Conseguimos algumas imagens do interior do vagão. Jorge ficou no vagão de homens e eu no de mulheres. A divisão é mais uma linha imaginária onde eles respeitam ficando amassados.

Já no segundo trecho, pegamos um vagão misto e aí sim tudo mudou. Todo mundo amassando todo mundo, cada um por si e aquela mordomia de vagão confortável e vazio só para mulheres ficou na história!
Mas a viagem foi bem rápida e tranquila. Chegamos à estação Karol Bagh onde ficava nosso hotel. Essa estação fica em New Delhi e recomendo bastante. Ficamos no hotel Saar Inn. Fiz a reserva pelo booking e paguei algo em torno de R$ 50,00 para duas pessoas. Mas antes dei uma boa lida nas recomendações dos viajantes no Tripadvisor e gostaram bastante, aqui.
Se você ficar hospedado por aqui aproveite o comércio  bem atrás da estação são grandes lojas vendendo de tudo!

Receba o Viagem para Mulheres no seu e-mail! É rápido e fácil!

Digite seu endereço de email:

Delivered by FeedBurner

Triângulo Dourado Índia, como se locomover

Triângulo Dourado talvez seja o tour mais vendido na Índia. O percurso: Delhi - Agra – Jaipur é procurado principalmente porque nele faz-se a visita ao monumento mais famoso da Índia: O Taj Mahal.

Depois de ler muitos e muitos relatos sobre viagens pela Índia, fui mais do preparada para dar de cara com um país voraz. Mas encontrei um local como qualquer outro país pobre, cheio de problemas, com pessoas boas e outras ruins.

Mas talvez isso tenha acontecido exatamente porque eu optei por ter um motorista particular. Como foi?

 

motorista-particular-india-triangulo-dourado

Passei 6 dias na Índia e o roteiro com o motorista inclui:

- Pegar no aeroporto, tour por Deli , pegar a estrada para Agra, dirigir você lá para todos os monumentos, levar para comer, depois dirigir para Jaipur, passear por lá, voltar para Deli. Ou fazer o roteiro que você bem entender. Eu mesma fiz um roteiro diferente. Fiz:  Delhi- Jaipur - Agra – trem para Varanasi - avião de Varanasi para Delhi - novo tour em Deli - levar para aeroporto.

Contratamos o serviço já do Brasil. Fizemos pesquisas com várias empresas na Índia e com o Gulab,
motorista indicado pela Ellen e o Antônio do Blog Viagem Afora.

Diferenças:

Gulab - Hotel escolhido por nós, guia não incluído.

Agência na Índia  – Hotel já escolhido por eles, passeio de elefante e tudo mais incluído. Por fim seria como um motorista particular, mas já contratado pelo

Diferença no preço
Estava dando algo em torno de US$ 300,00 para duas pessoas. Ou 150 cada uma. Lembrando que os hotéis escolhido no pacote eram 4 ou 5 estrelas. Não pelo luxo, mas porque por aqui as estrelas contam muito no quesito: limpeza, rato

Por que optamos pelo motorista independente?
Porque a agência estava meio relutante em nos deixar escolher os hotéis por conta própria. Em Jaipur, por exemplo, a gente queria ficar em um palácio e isso não era permitido no pacote com a agência.

Recomendaria o Gulab ou um motorista particular? 
Sim, porque o tempo rende. Eles são discretos, pegam você a hora que você quiser no hotel, levam você apenas em lojas para comprar que você escolher. Claro que eles ganham lá a comissão deles, mas se você não quer ir, simplesmente não vai.

Para quem quiser informações sobre o Gulab: www.indiatravelgulab.blogspot.com

Agência na Índia: como não usei acho melhor não recomendar. Mas fiz orçamento com 3 e me pareceram sérias e não só respondiam por e-mail, mas também ligavam para falar sobre o orçamento.