Resultados da busca para o termo: label/Agra

O exótico hotel Marigold. Dica de filme para viagem sobre a Índia.

O exótico hotel Marigold é daquele tipo de filme: tem que ver!

Mas claro, em especial para quem está indo para a Índia ou sonha em ir para o país. Já dá para entrar muito no clima do país, ainda mais para quem vai visitar o Triângulo Dourado.

O exótico hotel Marigold conta a história de um jovem indiano que tem a ideia de receber, no hotel herdado do pai, idosos de todo o mundo.


A ideia é boa, mas sua capacidade para administrar é limitada. Mesmo assim, o jovem indiano consegue atrair sete idosos que  decidem encarar a vida em Jaipur na Índia. Bem do ladinho de Agra, onde fica o Taj Mahal. Mas isso não tem nada a ver com o filme, rs. É só mesmo uma informação a mais. O Taj Mahal nem aparece no filme.

O filme trata de várias aspectos da vida de quem já está numa fase mais madura. As frustrações, as mudanças na mente e no corpo, as decepções, separação e até o recomeço de quem achava que a vida já estava no fim. Todas os sentimentos e dilemas são emoldurados pelo cotidiano indiano.

Após assistir ao filme O exótico hotel Marigold, sua visão de mundo vai mudar. Com uma mistura na medida certa de lição de vida, humor e mensagens de estímulo. Uma pérola para viajar pela Índia e pela vida.

Então anota aí: O exótico hotel Marigold. Ah! E é com o ator de “Quem quer ser uma milionário.”

Veja o trailer:

Mulher viajar sozinha na Índia, dá certo?

Viajar sozinha já é um desafio para muitas mulheres, mas viajar sozinha pela Índia pode assustar ainda mais. Porém, eu iria sim. Achei tranquilo. Com alguns cuidados, é possível.

Bom, eu fui para a Índia com o meu namorado, mas como jornalista de viagem estou sempre tendo olhar para viajar sozinha, com amigas, casal, afinal, estou sempre viajando de todas essas maneiras!

viajar-sozinha-india-flavia-mariano


Para casal
- Vale a pena, é tranquilo. Se você opta por ter um motorista particular (leia aqui) e aproveitar os bons preços do país para fazer uma viagem sem aperto no orçamento, o país – ao menos na parte do Triângulo Dourado (Delhi, Agra, Jaipur, Varanasi) – é ótimo para uma viagem romântica ou mesmo sozinha. Afinal, onde mais você pode se hospedar em um palácio por preços tão bacanas como esse ao lado?

Para viagem com amigas – recomendo e no mesmo esquema acima, como de casal.

Viagem com crianças – Não levaria meus filhos para a Índia se ainda não tivessem idade suficiente para entender. A partir de uns 12 eu levaria, antes acho que não vale a pena porque o país, ao menos no Triângulo Dourado, é um pouco confuso e você só vai mesmo aproveitar se estiver interessado no que há para ver.

A Índia é bem mais sentir do que ver. Além disso, as crianças podem não se adaptar bem aos sabores. Mas se for o sonho dos pais conhecer o país, com planejamento, dá sim!

Mulheres sozinhas – Bom, se você for uma novata no assunto Ásia e viagem sozinha eu não iria nem com motorista particular, eu iria em uma excursão ou coisa do tipo. Procurei bastante, mas as mulheres viajantes sozinhas não eram uma coisa fácil de encontrar. Diferente da Tailândia onde elas eram aos montes.

Assim, eu não diria para você não ir, eu daria a dica apenas de ir com um grupo de alguma empresa que leve várias pessoas ao mesmo tempo. A Índia, ao menos nessa parte, não é a coisa mais fácil de se locomover e por vezes é um pouco cansativa. Em Delhi é bem mais tranquilo. Então, minha dica seria:

- Faça o Triângulo Dourado com uma empresa de viagem;

- Delhi – dá para andar tranquilo, mas se os pontos turísticos de Delhi já estiverem no pacote melhor;

Quem quiser mais dicas sobre viajar sozinha pela Índia manda e-mail pelo botão CONTATO que respondo com mais informações.

Se quiser todas as dicas sobre a Índia clique aqui.