Look de viagem

Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Estive no Atacama em julho de 2015 e passei cinco dias maravilhosos , surpreendentes  e intensos. Por essa razão, decidi voltar em dezembro e passar a virada do ano por lá. Sim,  gente! Foi amor à primeira vista… Prometo reunir minhas impressões dessas duas viagens e escrever um post detalhado sobre a logística envolvida, valores e os passeios que eu fiz. Mas hoje eu vou adiantar uma questão que  sempre perturba a nós mulheres: Como arrumar a mala pra um destino tão exótico  ? Bom, confesso que eu também tive muitas dúvidas sobre o que levar, considerando que nunca havia estava em um deserto. Levar  levar biquíni , short, chinelo , luvas, botas e  casaco pra temperaturas negativas na mesma mala? Sim, tudo isso e outras coisinhas… Mas é bem mais simples do que parece.

O Atacama é o deserto mais árido do mundo e apresenta uma grande amplitude térmica característica dessas regiões. A temperatura pode variar cerca de 40°C em um mesmo dia! Ou seja, você sai para os passeios com os termômetros marcando temperaturas negativas, parecendo um boneco de neve, quase sem mobilidade com várias camadas de roupa,  e ao longo do dia fica louca pra se livrar de tudo.

Comprei um casaco pesado em Santiago e algumas  meias , mas isso pode ser encontrado facilmente nas lojinhas de San Pedro de Atacama. Se estiver procurando por algo mais elaborado, há também uma North Face lá!

 

20150712 122426 666x300 Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Sol lindo, né? Mas o frio e vento também… Vestindo tudo e mais um pouco

 

 

PASSEIOS COM DURAÇÃO DE UM DIA INTEIRO

 

Para passeios com duração de um dia inteiro, vistá-se em camadas. Isso significa MUITAS mesmo. Algumas vezes saímos com destino a tours com temperaturas negativas . Estou falando de até -15° C. Agregue isso a questão da altitude e dos ventos. Então é agora que você vai poder usar segunda pele ( calça e blusa ), botas ( usei botas UGG com pelo de carneiro, mas somente porque eu já tinha. Acho que uma bota comum, bem forrada dá conta do recado também ) , aquelas suas meias de lã que aquecem absurdamente, luvas, gorro, cachecol, protetor de face e orelha ( não senti necessidade de protetores de orelha, mas vi algumas pessoas usando ), blusas de manga longa bem quentinha, calça de ski ( mas se não tiver , não acho necessário comprar. Usei meia térmica, segunda pele, legging e uma calca jeans por cima de tudo), uma jaqueta corta- vento ou um daqueles casacos 3 em 1 com fleece bem quentinho.  Ao longo do dia, se sentir necessidade,  vá se livrando delas. É o famoso “ Efeito cebola “ .

Se esse passeio incluir a visita a alguma piscina de água termal ou lagoa o ideal é já ir com a roupa de banho por baixo. Não se preocupem, porque há vestiários para se trocarem depois. Embora a maioria dos hoteis (e hostels) forneça toalha, eu gosto de levar a minha. Ela é de microfibra e secagem ultrarápida. É pequena e quase não ocupa espaço. E lembre-se de levar chinelo também para se locomover ao redor das piscinas. O sal pode machucar os pés.

 

20150713 083132 666x300 Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Amanhecendo no Campo Geotérmico dos Geyseres El Tatio : Temperatura: -9°C

 

DIA A DIA  EM SAN PEDRO DE ATACAMA

Bom, eu confesso que é bem difícil definir um estilo de roupa que tenha me marcado durante o período que fiquei por lá. Eu diria que roupas casuais vão cair bem pra qualquer lugar que você vá. Então jeans, camisetas de manga curta e   longa ( principalmente se for fazer algum trekking, porque a vegetação pode machucar), legging, short… Só não vi ninguém usando saia, vestido e salto alto. Na minha opinião, esses  ítens não precisam ocupar espaço na sua malinha pro Atacama. Mesmo usando short por baixo, acho desconfortável ter q ficar segurando o vestido ou saia, já que venta bastante por lá.

Quanto ao salto, a principal rua de San Pedro de Atacama é de terra batida e definitivamente não combina com salto alto. Atacama pede simplicidade, já que a natureza já é a protagonista do espetáculo. Aproveite pra viver estes dias de maneira mais simples, no modo de agir e na maneira de se vestir também.

Fui no inverno não tirei o casaco em nenhum dos restaurantes que eu fui. Mesmo havendo aquecimento no interior dos estabelecimentos. Mas no verão a temperatura melhora um pouco e acho que dá pra se livrar dos casacos e se permitir ficar com uma blusinha mais arrumada. Nos pés , tênis e botas. De todos os tipos. Vi algumas pessoas de chinelo durante o dia andando pelas ruas, mas à noite não encontrei ninguém tão corajoso assim.

 

20150713 164457 666x300 Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Me preparando psicologicamente pra entrar na Laguna Cejar a 10° C. Não foi fácil, mas entrei!

 

MAQUIAGEM, ACESSÓRIOS E BELEZA

 

Se eu pudesse escolher um único ítem de maquiagem pra levar na minha necessaire, sem dúvida seria um batom de cor marcante. Acho que dá o contraste perfeito e valoriza seu rosto nas fotos. Base, corretivo e pó eu acho dispensáveis!

Para levar seus artigos pessoais para os passeios, eu não dispensaria uma mochila simples de tamanho médio. Acho prático e realmente é o mais utilizado por lá. Você vai precisar das mãos livres pra subir em rochas e dunas,  então acredito ser o mais adequado. Deixe aquela sua bolsa bapho pra outra ocasião.

Para os passeios pelo deserto , esqueça aquele seu brinco lindo de pendurar. Provavelmente ele vai ser levado pelo vento ou pode até mesmo machucar você. Opte por brincos menores, de preferência colados à orelha. Deixe os maiores pra jantar ou sair á noite. Mas você pode abusar de lenços coloridos, gorros e chapeus pra montar seu look.

Eu tenho cabelo cacheado e sou adepta a técnica low poo. Não fiz nada além de lavar e condicionar. Meu cabelo também se apaixonou pelo deserto e eles se deram muito bem! Como não amar esse lugar?

 

20150714 122435 666x300 Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Caracoles, a rua principal de San Pedro de Atacama

 

KIT DE SOBREVIVÊNCIA

Deixei essa parte por último, mas nem por isso menos importante. Muito pelo contrário… Seus dias no Atacama serão muito mais agradáveis se você tiver esses ítens com você.

  • Água : Pelo menos uma garrafinha de 1,5L na sua mochila para os passeios. Você pode comprar em San Pedro mesmo. Beba mesmo sem vontade. O ar é tão seco que você quase não transpira e com isso não percebe que está desidratando. Poderia até incluir água quando falei de beleza, né? Rs.
  • Protetor solar : Para o rosto e para o corpo. Verifique com sua dermatologista o fator ideal para o seu tipo de pele, mas nem pense em sair sem ele. Em San Pedro há um solmáforo que alerta sobre a incidência dos raios UV. O sol não é brincadeira, gente!
  • Óculos de sol: Uso óculos de grau e achei que não havia necessidade de levar um de sol também. Foi um grande erro porque o sol incomoda bastante em alguns passeios, além de agredir os olhos. Então, melhor prevenir !
  • Hidratante labial: Manteiga de cacau não resolve. Vi algumas pessoas com os lábios queimados. Usei Bepantol Derma Regenerador labial e não senti os efeitos da aridez. Super indico!
  • Colírio lubrificante: Os olhos podem ficar um pouco ressecados, mas umas gotinhas resolvem facilmente o problema.  Como estamos falando de medicamento, procure antes o seu médico ou farmacêutico.
20150716 115238 e1449318238805 576x1024 Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Solmáforo de SPA. Acho que dei sorte nesse dia… Rs

 

 

20150715 201705 e1449318346880 666x374 Como arrumar a mala para o Deserto do Atacama

Muito frio!!! Impossível tirar o casaco…

Esse post ficou um pouco extenso, mas espero que tenha ajudado a ” clarear as ideias ” de quem tem dúvidas sobre como arrumar a mala pra esse que certamente  é um dos destinos mais incríveis, instigantes e especiais do mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Look de viagem final de semana

Olá, meninas!!!

Semana passada eu fui para São Paulo para gravar para o programa Mais Você da Ana Maria Braga, foi lindo! Vou fazer post aqui, mas vou falar sobre o look que usei para essa viagem curta. Tirei essa foto assim que cheguei no hotel Blue Tree da Paulista.

look de viagem viagem sao paulo Look de viagem final de semana

Bolsa – Victor Hugo. Falei sobre ela aqui e comprei por sugestão das leitoras! Adoro quando vocês me ajudam a escolher.  O tamanho é

Bolsa para viagem Victor Hugo

Olá, meninas! Tudo bem?

Eu tenho um quadro na página oficial do Facebook e no instagram onde eu sempre pergunto: compro ou não compro?  E essa foi uma bolsa que eu perguntei a resposta de vocês foi: compra!!!

arte base look de viagem sao paulo Bolsa para viagem Victor Hugo

O meu maior interesse nessa bolsa foi:

O que levar na mala em viagem de inverno

Uma viagem para o inverno europeu ou para o inverno da Patagônia é sempre aquela indecisão: o que levar na mala para não passar frio?

Por isso, resolvi fazer um post bem prático falando de dos ”5 itens que você deve levar na sua mala quando está de viagem para um destino de inverno”.

1. CASACO GROSSO

Foque em um casaco bem aquecido. Se for impermeável, ótimo, se não for, só tome isso como um grande problema se você for fazer longas caminhadas na neve ou na chuva. Do contrário, use o que você tem.

20141029 155049 e1416827842471 O que levar na mala em viagem de inverno


Mais alguns casacos que já usei bastante em viagens de inverno. Abaixo, um casaco impermeável que eu usei no intercâmbio no Canadá

Como escolher bota para viagem de inverno

Qual bota comprar para viajar para o inverno na Europa e EUA? E se tiver neve? O que colocar nos pés? Essas são perguntas que eu sempre recebo. Eu sei que para quem nunca foi para um local com neve ou não mora em local muito frio, é um grande dilema. Mas é bem simples. Por isso, vou dar 3 dicas práticas para você escolher a bota para uma viagem de inverno.

 

DSC05331 Como escolher bota para viagem de inverno

Bota que usamos na viagem Patagônia