Dicas

G1 deu as dicas de como escapar das "pegadinhas" das promoções

Essa é uma cópia FIEL ao que o G1 publicou. Ia colocar só o link, mas achei tão completo que achei interessante colocar por inteiro! De qualquer maneira aqui segue o link.
Companhias orientam sobre como aproveitar as passagens mais baratas.
Rodadas de tarifas mais baratas são estratégia na disputa por passageiros.
Ligia Guimarães
Do G1, em São Paulo
Na disputa pela preferência do consumidor, promoções aéreas cada vez mais agressivas tornam-se frequentes no mercado brasileiro: no começo do mês, a Azul oferecia passagens a partir de R$ 19; em abril, a TAM prometia descontos de até 90%. Esta semana, a Gol e a Webjet oferecem voos a partir de R$ 59.
Aprender a distinguir preços realmente bons de “armadilhas” que podem acabar em traumas turísticos requer pesquisa e planejamento.
A empresária Liege Xavier, 50 anos, que mora em Fortaleza, virou “especialista” depois de quatro anos caçando passagens baratas para ela e a família: casada há cinco anos, Liege voa com frequência para visitar o marido, que mora em Recife, e os pais, que vivem em Porto Alegre.
O G1 ouviu órgãos de defesa do consumidor, companhias aéreas e habituais compradores que deram seis dicas básicas para tornar mais fácil e eficiente a busca por viagens que não pesem no bolso.
1. Busque mais informações
Saber só o preço da passagem não é suficiente. A recomendação do Procon-SP é que, por mais convidativa que seja a promoção, é importante verificar detalhes como validade, estada mínima e máxima exigidas pela companhia e horário do voo.
Além disso, não deixe de checar se há restrições para cancelamento, reembolso e alterações de data e/ou destino. Em promoções em que o desconto é oferecido “por trecho” na ida, por exemplo, é bom ficar atento ao preço da volta, que pode acabar encarecendo o custo total.
“Todas essas informações, assim como o número de assentos disponíveis para a referida promoção, devem estar disponibilizadas ao consumidor na hora da compra de forma clara, precisa e ostensiva”, afirma o Procon-SP em nota.
2. Conheça a política de promoções da empresa
O G1 questionou as aéreas TAM, Gol, Webjet e Azul sobre como o consumidor pode se planejar para aproveitar bem suas promoções. Confira a recomendação de cada uma:
AZUL
azul G1 deu as dicas de como escapar das "pegadinhas" das promoçõesO diretor comercial, Paulo Nascimento, orienta: a Azul costuma fazer promoções mais agressivas (como a de passagens a R$ 19, realizada em maio) como ferramenta de marketing para divulgar novas rotas. A companhia divulga as promoções em primeira mão nas redes sociais: Twitter, Facebook e o site Viajamos.com.br, da própria Azul.
GOL
Sempre que uma cidade operada pela Gol faz aniversário há uma promoção para este destino, diz a assessoria de imprensa empresa. Há, além disso, cerca 50% de desconto para passagens compradas com 21 dias de antecedência, ou 7 dias de antecedência com permanência mínima de dez dias no destino. A companhia divulga as promoções em um blog, no http://blog.voegol.com.br Os quiosques da companhia nos metrôs Sé, Itaquera e Luz, em SP, também são boas opções: os funcionários são treinados para orientar sobre passagens mais baratas.
TAM
TAM G1 deu as dicas de como escapar das "pegadinhas" das promoçõesA TAM realiza, de tempos em tempos, a MegaPromo, com descontos de até 90% nos finais de semana. Os voos de terça, quarta e sábado oferecem as tarifas mais baixas, segundo a empresa. As ofertas da companhia são divulgadas no www.ofertastam.com.br. Dá para se cadastrar no site e receber as promoções por email.
WEBJET
A Webjet usa as promoções como estratégia de marketing para trazer novos passageiros e divulgar destinos que ainda não estejam com a taxa de ocupação desejada. E também em datas especiais, e como Dia das Mães, Natal, Páscoa etc. A empresa divulga as ofertas no www.blogwebjet.com.br
3. Pesquise as condições de transporte do destinoTambém é importante saber se haverá condições de transporte local no horário em que o vôo chegar ao destino.

“Às vezes alguns horários vão trazer problemas de logística. De madrugada você pode ter que ir de um aeroporto a outro para fazer conexão, por exemplo, e não ter táxi ou outro tipo de transporte à disposição”, afirma a coordenadora da ProTeste, Maria Inês Dolci.
4. Procure os voos que são sempre mais baratos
As companhias aéreas consultadas pelo G1 são unânimes em afirmar: para economizar mesmo fora das promoções, busque comprar com antecedência e em horários fora de pico, menos usados por executivos e voos corporativos.
“São sempre mais baratos os horários em que o fluxo corporativo não é tão pesado: horários do meio do dia; terças e quartas um pouco mais fracos que as segundas, sextas e domingos; sábado à tarde e domingo de manhã”, recomenda o diretor comercial da Azul, dizendo que esses horários são tradicionalmente os mais baratos da aviação.
Quanto mais antecedência na compra, melhor. “Planeje viagens com três meses de antecedência; voe na baixa temporada. Voos fora do período de festas e férias são mais barato”, recomenda a TAM, em nota.
5. Não compre pela emoção
A advogada Andreia Gorenstein, 35 anos, já ficou tentada a comprar uma passagem para Moscou por R$ 700 que encontrou no site de uma aérea internacional. Veio o dilema: devo comprar? Será que vale a pena ir para a Rússia no inverno? A hesitação passou em minutos, mas o plano foi frustrado: quando ela voltou ao site para fazer a compra, as passagens já haviam acabado.
“Eu estava louca para ir para Moscou, não me perdoei”, diz Andreia. A “revanche” veio no mês passado, quando viu a oferta de ida e volta a Paris por menos de R$ 600. “Comprei na hora”, diz, satisfeita com o resultado.
A sensação de urgência e a pressão de saber que as passagens podem se esgotar a qualquer momento levam muitas pessoas a fazerem compras para lugares que nem gostariam e, apesar da economia no transporte, acabarem desperdiçando dinheiro. Para Maria Inês, é melhor pensar antes em alguns lugares que gostaria de visitar e já chegar com foco ao dia da promoção.
6. Use as redes sociais
Compradoras experientes, tanto Liege quanto Andreia aprenderam que a tecnologia é uma grande aliada da busca por promoções. Acompanhar os perfis das companhias no Twitter e Facebook ajuda a saber das novidades em primeira mão; além disso, vale cadastrar-se nos sites das empresas para receber avisos por emails e torpedos pelo celular.
“Eu vejo muito o preço das passagens olhando a internet pelo celular”, diz Liege.
Maria Inês, da ProTeste, alerta que nas compras virtuais é importante imprimir os anúncios da promoção e os comprovantes de compra, que servem como contrato. “É a garantia que o consumidor tem de poder cobrar que a empresa cumpra a tarifa prometida”, afirma.

ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?

Amor, dilemas femininos e Itália! Tudo isso forma uma mistura perfeita!


Mil+dias+em+Veneza ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?No fim de 2012 tive uma tentativa frustrada de voar de Bruxelas para Veneza  no Projeto 30 em 30 que foi interrompida por uma forte nevasca que me obrigou a ir direto para Ljubliana na Eslovênia e pular Veneza. Fiquei aguando, mas sonhando com cada página dos livros que li sobre a Itália e mulheres que usaram o país para refletir sobre seus dilemas ou amar!

Se joga nessas histórias reais!


1000 Dias em Veneza 

Uma história de amor perfeita que faz você querer sair correndo para lá e encontrar um amor andando de gôndola pelos canais. A história real de um amor maduro que começa nos EUA, passa por Veneza e termina com o casal fazendo as malas para morarem em outro local da Itália.

Marlena de Blasi consegue descrever a Itália como poucos e seus outros dois livros estão na minha lista para começar a ler ontem!

Mil+dias+na+Toscana ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?

Um+certo+ver%C3%A3o+na+Sicilia ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?

E claro: “Comer, rezar e amar” que virou filme, mas vale muito mais a leitura do livro:

Comer+rezar+e+amar ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?

Quatro livros para você começar a pensar na Itália através de histórias reais que descrevem os anseios de mulheres e seus dilemas emoldurado pelo melhor da Itália… Assim fica até bom refletir e refletir sobre a vida…

Liz+Gilbert ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?
Liz Gilbert
Imagem: Google
Marlena+de+Blasi ITÁLIA? Que tal viajar nos livros?
Marlena e Blasi
Imagem – site da autora

Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro?

Ver o Rio através da janela de um helicóptero? Por que não? Mulheres viajantes sonham alto e, como muitas vezes nem buscamos os valores porque pensamos que é algo muito para caro para nós, resolvi perguntar! Porque eu quero um passeio desses!
 
Clau+4 Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro?
 
O pessoal da Botanic Tour respondeu:
Clau+3 Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro?Quantos passageiros por viagem?

Nossa aeronave é  Robinson 44,  comporta até 3 passageiros.

De onde sai o passeio?

Nossos voos partem do aeroporto de Jacarepaguá, Das 9:00 até o pôr-do-sol, de terça a domingo.Vocês pegam no hotel ou coisa do tipo? Tem esse serviço?

Oferecemos transfer: Hotel / Aeroporto / Hotel.

Pergunta bem mulherzinha… Acontecem pedidos de casamento durante o voo?

Já aconteceu pedido de Noivado durante o voo… Com êxito!!!

Quem Fez?
 
Clau+6 Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro?
 
 
A Claudia do blog “Aprendiz de Viajante” fez essa viagem fantástica. Todas as fotos desse post foram tiradas por ela. 

“Não há palavras pra descrever a emoção que é ver a minha cidade querida de cima. Foi o meu primeiro vôo de helicóptero, e eu não queria que ele fosse em nenhuma outra cidade que o Rio. São 30 minutos que passam literalmente voando e as fotos não conseguem traduzir a beleza que é ver tudo de cima!”

 

Beleza, né? Mas agora o que nos faz voltar com  os pés para o chão: OS PREÇOS!!!
Todos os valores abaixo são por pessoa:

ROTEIRO 1 - PRAIA DA BARRA DA TIJUCA / SÃO CONRADO / PEDRA DA GÁVEA /

RAMPA DE VOO LIVRE / RETORNO PELA ORLA.TEMPO: 15 MINUTOS  - PREÇO: R$ 350,00

 

ROTEIRO 2 – PRAIA DO RECREIO / PRAIA DA MACUMBA / PRAINHA / GRUMARI /GUARATIBA / RETORNO PELA ORLA.

TEMPO: 15 MINUTOS – PREÇO: R$ 350,00

 

ROTEIRO 3 - PRAIA DA BARRA DA TIJUCA / PEDRA DA GÃVEA / SÃO CONRADO / AV.NIEMEYER / PRAIA DO LEBLON / IPANEMA / COPACABANA / PÃO DE AÇÚCAR /

CORCOVADO / RETORNO PELA FLORESTA DA TIJUCA E ORLA DA BARRA.

TEMPO: 30 MINUTOS – PREÇO: R$ 500,00

 

ROTEIRO 4 - PRAIA DA BARRA DA TIJUCA / ITANHANGÃ GOLF CLUB / ALTO DA BOA VISTA / MARACANÃ / CORCOVADO / LAGOA RODRIGO DE FREITAS /  AV.NIEMEYER / RETORNO PELA ORLA.TEMPO: 30 MINUTOS PREÇO: R$ 500,00

 

ROTEIRO 5 – PRAIA DA BARRA DA TIJUCA / PEDRA DA GÁVEA / SÃO CONRADO /
AV. NIEMEYER / PRAIA DO LEBLON / IPANEMA / COPACABANA / PÃO DE AÇÚCAR / FORTES E PRAIAS DE NITERÓI / MUSEU DE ARTE CONTEPORÂNEA (MAC) / PONTE RIO-NITERÓI / CENTRO / MARACANÃ / LAGOA RODRIGO DE FREITAS / RETORNO PELA ORLA.TEMPO: 60 MINUTOS -  PREÇO: R$ 800,00

 

Animou?

Botanic Tour – (21) 7880-77281 –
http://botanictour.blogspot.com

Eu fiz o meu passeio com outra empresa. A nossa saída foi do Pão de Açúcar. Para ver o depoimento clique aí: Voo de helicóptero Rio de Janeiro.

Todas as imagens são da Cláudia!

Para ver todas fotos e o depoimento completo da Cláudia, clique aqui! 

 
Clau+1 Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro? 

Clau+2 Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro? 

Clau+5 Quanto custa voar de helicóptero no Rio de Janeiro?
 

Quanto custa viajar de Primeira Classe?

Primeira classe é o sonho de muitos viajantes. Para outros, serve qualquer classse que não seja a econômica. Viajar de primeira classe é bem mais caro, mas tem sim suas vantagens. Quem não fica quase morrendo de vontade de comprar uma passagem de Primeira Classe? Mas ela é mesmo para os ricos, muito ricos? É possível para você? Vamos fazer algumas contas.

Compare as tarifas em uma simulaçao feita no dia 09/01/2012 para viajar no dia 28/03 voltando em 13/04:

Europa – Sao Paulo x Milao –  TAM

Econômica – R$ 2196,00
Executiva / Primeira Classe- R$ 8455,00

NY pela American – Sao Paulo x NY:

Economica – R$ 2007,00

Executiva / Primeira – R$ 5479,00

Mulher+chique+viajando Quanto custa viajar de Primeira Classe?

Mas, quais as vantagens ao pagar tão mais caro para voar na primeira classe?

Depende muito da empresa aérea, mas a maioria oferece:

- Cardápio diferenciado a bordo;
- Prioridade para embarque e desembarque;
- Suas malas chegam antes das dos outros passageiros;
- Você tem direito a sala VIP para aguardar o seu voo;
- Você acumula muito mais milhas no seu cartão fidelidade.

Como disse, essas vantagens dependem de empresa para empresa.

Vale a pena o investimento para voar na primeira classe?

Uma vez encontrei uma médica em Paris que disse: vale a pena sim.

Achei interessante ouvir essa opinião vinda dela, pois não era rica o suficiente para pagar uma primeira classe sem esforço. Segundo ela, a passagem só foi possível porque torrou todas as milhas de anos, em duas passagens para Europa (viajava com a filha).

Mas Flavia, e a sua opinião?

Bom, estou aqui para isso, né? Infelizmente, ainda não voei de primeira, executiva ou qualquer outra que não seja a econômica. Assim, não tenho como falar com propriedade.

Mas está nos meus planos sair da econômica. Bate aquele pânico quando você entra no avião e dá de cara com aquela cabine enorme, aquela guerra para achar um buraquinho para a sua bagagem de mão… E o banheiro depois do jantar…?

Por isso, no final a opção é sua. Gastar mais na viagem ou viajar com mais conforto na Primeira Classe. Ao fim da viagem todos chegam ao destino, mas alguns chegam bem mais descansados que os outros.

Como viajar mais por menos?

1. Escolha certo! Evite os meses em que todos estão viajando. Março e outubro são ótimos para viajar. Sempre há ótimas promoções, seja de redução de milhas ou valor da passagem.

2. Abra mão de viajar no Ano Novo, Carnaval ou feriados. Se puder, opte por uma semana depois ou no mês seguinte. Tudo estará mas barato.

3. Monte sua própria viagem. Nada melhor do que a comodidade de uma agência fazendo tudo para você, mas é igual aniversário de criança, se você fizer as lembrancinhas dá mais trabalho, mas sai bem mais em conta.

4. Cadastre-se em sites, blogs e empresas que falem sobre promoções de viagens como o Viajante Esperto ou Aquela Passagem.

5. Cadastre-se nos sites de empresas aéreas ou participe das suas redes sociais. Elas sempre acabam fazendo algumas promoção especial, relâmpago ou exclusiva para os seus seguidores.

6. Seja flexível – Pode não ser o seu destino dos sonhos, mas muitas vezes as empresas fazem promoções para determinado lugar que pode não ser o que você quer muito, mas é um novo local.

7. Economize durante a viagem! Faça uma meta de gastos diários. Isso mesmo! Quando você aprende a ser econômico em uma viagem, acaba sentindo-se mais confortável para uma próxima. O grande problema é que as pessoas viajam e gastam, gastam, gastam e fica aquela memória de: viajar custa muito caro!

8. Milhas - Junte todas as que puder: no cartão de crédito, em voos, em Km de vantagens em posto de gasolina. Aprenda aqui.

9. Se você não tem domínio sobre as suas férias e precisa viajar naquela data específica: planeje com muita antecedência para pegar tudo mais barato!

10. Acompanhe o câmbio! Isso mesmo. Muita gente não acompanha a oscilação e, por vezes, de uma semana para outra o valor de uma passagem pode variar uns R$ 200,00. Se vai viajar em casal isso chega a quase R$ 400,00.

Siga as dicas aqui no Viagem para Mulheres! Estamos sempre buscando dicas para que você viaje muito mais!